Violência e Discriminação contra Populações Nômades

Versão para impressão

O modo de vida nômade (mudar  o local de residência e trabalho com frequência) é um traço cultural de muitos grupos humanos, e precisa ser respeitado. Isso diz respeito a ciganos, a alguns grupos indígenas e a profissionais de circo, entre outros.

O preconceito, discriminação e violência contra populações nômades pode assumir formas como, entre outras:

  • Violência moral: ofensas, expor a constrangimento público.

  • Discriminação em geral: negar ou dificultar acesso a trabalho e emprego, a serviço público, ou a algum local. Observe-se que o acesso à educação e à saúde são direitos universais, e portanto é ilegal negá-los a alguém pelo fato de não possuir endereço fixo.

  • Violação de domicílio: invasão ou destruição de tendas de moradia.

  • Remoção forçada de acampamento, sem encaminhamento para outro local aceitável.

Faça uma Denúncia

UFES X SEADH

.